Corinthians na frente de novo

Publicado: setembro 22, 2010 em Brasileiro, Futebol

Foto: Lancenet

O Corinthians não quis saber de dar sopa para o azar e tratou de assumir a liderança isolada do Campeonato Brasileiro. A vitória por 3 a 0 sobre o Grêmio Prudente colocou o Timão na ponta da tabela com dois pontos de vantagem em relação ao Fluminense, agora vice-líder. Já falei aqui que acho o elenco do Corinthians o melhor da competição e tem tudo para conquistar o título. Bruno César, Elias, Iarley, Jorge Henrique e Jucilei estão voando e o time segue com uma impressionante regularidade, ao contrário do tricolor carioca. A briga promete ser boa até o final do campeonato, principalmente agora que temos mais candidatos ao título. Será que o Timão consegue se manter na liderança até a última rodada?

Foto: Photocamera

O clássico no Engenhão, apesar de movimentado e com muitos gols, foi fraco tecnicamente. As defesas de Fluminense e Flamengo estavam irreconhecíveis, cometendo erros infantis, e o placar de 3 a 3 acabou sendo ruim para os dois. O tricolor viu o Corinthians assumir a liderança e o rubro-negro deixou de se afastar ainda mais da zona de rebaixamento. Mas se serve de consolo para os flameguistas, Deivid fez a melhor partida desde a sua estreia e Renato voltou a marcar de falta. O Fluminense, que não teve Deco, ainda sente muito a falta de Fred e do Sheik Emerson, que estava jogando muito bem antes de se lesionar. Já passou da hora do tricolor voltar a vencer, senão pode ser tarde demais.

Foto: Lancenet

No confronto direto pela Libertadores e pelo título, Botafogo e Cruzeiro fizeram um jogaço. O empate em 2 a 2 mostrou o quanto a partida foi equilibrada, com um golaço e um pênalti para cada lado, e também mostrou que os dois times tem condições de chegar. Montillo parece um veterano no time mineiro. Como vem jogando bem esse argentino! Ao lado de Roger, ele se destaca ainda mais. No alvinegro, Maicosuel faz a diferença quando joga o que sabe e Loco Abreu sempre mostra a sua eficiência. Pelo que vem jogando, ambos merecem estar entre os quatro primeiros colocados.

Foto: ClicRBS

E chegou ao fim a incômoda série de empates do Vasco. Mas, infelizmente, os empates deram lugar para a derrota. Graças ao goleiro Renan e ao gol de Edu, o Internacional venceu a equipe carioca e deu um fim à invencibilidade do técnico PC Gusmão e do Vasco pós-Copa. O colorado, que ainda tem um jogo a menos, segue firme e forte na luta pelo título brasileiro. O Vasco, que também tem um jogo a menos, ficou mais distante da tão sonhada vaga na Libertadores. O time até vem jogando bem mesmo sem Carlos Alberto e Felipe, mas falta um goleador. Um típico camisa 9. Para um clube que tem o maior número de artilheiros na história do Campeonato Brasileiro, é muita coisa.

Foto: Lancenet

Sob os olhares de Mano Menezes, o São Paulo levou a melhor sobre o Palmeiras no clássico paulista. Lucas, a jovem revelação tricolor que era conhecido como Marcelinho, foi o destaque da partida. E não é de hoje que o garoto vem jogando bem. Contra o Flamengo ele já tinha mostrado que pode render bons frutos ao São Paulo. O Palmeiras, que vinha de uma excelente vitória sobre o Grêmio, no Olímpico, continua fazendo uma campanha muito irregular. Quando a gente acha que o Verdão vai deslanchar, ele tropeça. E de tropeço em tropeço, o time vai vendo a Libertadores se afastar. O jeito é focar na Sul-Americana.

Foto: Futura Press

O Atlético-PR não para de surpreender. Com apenas 15 minutos de jogo, o placar já marcava 2 a 0 para o Furacão sobre o Atlético-GO, no Serra Dourada. Branquinho, autor dos dois gols, segue em grande fase e é um dos responsáveis pela arrancada do time paranaense. Se continuar jogando assim, a Libertadores é um sonho possível. O Dragão, que chegou a esboçar uma reação, foi ultrapassado pelo arquirival Goiás e está na vice-lanterna. Mas a cinco pontos do Avaí, primeiro colocado fora da zona de rebaixamento, o time pode manter as esperanças de permanecer na Série A.

Foto: ClicRBS

A vitória sobre o Avaí por 3 a 0, na Ressacada, mostrou o que eu sempre falei aqui: que o Grêmio tem time para brigar na parte de cima da tabela. Tudo bem que a fase do time catarinense é ruim, mas o tricolor aprendeu uma coisa que sofreu para conseguir ano passado: vencer fora de casa. Por outro lado, os gaúchos tem tido problemas para conseguir os três pontos no Olímpico. Se conseguir superar esses problemas, pode sonhar com objetivos mais altos. Ah, e Jonas já é o artilheiro do Brasileirão. O Avaí, agora sem Antônio Lopes, chegou no limite. Se não quiser ser rebaixado, a hora para escapar é agora.

Foto: Gazeta Press

O Atlético-MG tinha tudo para conseguir uma virada daquelas, mas acabou perdendo mais uma. Depois de abrir 2 a 0 no placar com Viáfara e Egídio, o Vitória, com um jogador a menos, acabou sofrendo o empate do Galo. Faltava apenas um golzinho para a torcida explodir na Arena do Jacaré e o time ficar perto de sair da zona de rebaixamento, mas… Quem fez o terceiro foi o time baiano, com Henrique. Excelente resultado para o Vitória, que já se aproximava do “Z4”. Péssimo para o Atlético-MG, que segue na mesma situação. O que acontece com o Galo? E com Vanderlei Luxemburgo?

Foto: Agência Lance

Sem Neymar, o Santos jogou mal e ficou no empate em 0 a 0 com o Guarani, em Campinas. A diferença para o líder Corinthians é de nove pontos, o que é totalmente reversível faltando ainda 15 rodadas. Mas não vejo o Santos com força para alcançar os primeiros colocados. O time é bom, mesmo com os desfalques, mas não tem a mesma “magia” do primeiro semestre. E é isso que pode fazer a diferença no final. O Guarani, 10º colocado com 30 pontos, não precisa se preocupar com rebaixamento. E deve beliscar uma vaguinha na Sul-Americana. Muito bom para quem acabou de voltar para a Série A.

Foto: Futura Press

Ceará e Goiás ficaram no 1 a 1 no Castelão. O grande problema do time cearense é querer alcançar mais do que pode. O G4 e a vice-liderança no início do campeonato deram esperanças demais ao torcedor. Mesmo que PC Gusmão não tivesse ido para o Vasco, dificilmente o Ceará estaria entre os primeiros colocados. O time é mediano e está fazendo uma bela campanha para quem voltou agora para a Série A, a exemplo do Guarani. O Goiás, entre os quatro últimos, é o que mais está mostrando vontade de permanecer na elite do futebol brasileiro. O time não perde a quatro partidas e somou os mesmos 21 pontos do Atlético-MG.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s